Um mar em seus olhos

A primeira proposta de exercício do curso foi: escolher uma página de um dos seus contos ou romances preferidos, transcrevê-la, vivê-la, reescrevê-la a partir do vivido. Leia abaixo uma dessas reescritas, realizada a partir do conto "As águas do mundo", de Clarice Lispector.


ANDUJAR, Claudia. Sem título – da série Sonhos Yanomami, 1974.

Um mar em seus olhos. O que há depois da linha do horizonte? E nas profundezas do olhar que esconde mistérios?

Desejos de liberdade, de desbravar o mais profundo de si. Um mergulho nas águas que constituem seu corpo – e o mar. Ora mansas, ora alucinadamente revoltas.

Nos lábios sente o gosto de sal da maré vazante – dos olhos embaçados.

Engendrada em enigmas. Respeita, desvela-se. Não teme mais a imensidão em si.


Quem não está inscrito no curso, mas quer embarcar na proposta e compor o coletivo de criação, basta acompanhar as postagens do blog e do Instagram (@roteirosminimos) e fazer os exercícios propostos, enviando-nos para publicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: