Instruções para ouvir música – passo a passo

A oitava proposta de exercício do curso foi escolher uma música e escrever instruções sobre como ouvi-la. Leia abaixo algumas dessas instruções. Aproveite para fazer a nona proposta de exercício: escolher uma das instruções para ouvir música, colocá-la em prática seguindo o passo a passo, e escrever um relato sobre os procedimentos seguidos e os resultados alcançados.


Vai, Tigresa

VELOSO, Caetano. Capa e contracapa do álbum “Bicho”, 1977.

A boate de luz neon está cheia e o barulho tão alto que a única forma de você saber qual música está tocando será através de um intermediário. Procure alguém de unhas negras, íris cor de mel e que se movimente como uma felina. Todos estão de máscara, não a máscara de prevenção à covid, mas daquelas dos carnavais do Rio, Salvador e Olinda, com purpurinas e paetês.

Vá pro meio da pista com trejeitos de bailarina do frenético dancing day. Se ouvir um balbucio, encoste, chegue perto daquela pele marrom. Se ela estiver cantando, pergunte o que ela faz. Se já foi atriz e trabalhou no hair, pronto. É a tigresa que te aconteceu e você acabou de saber qual música está tocando. Enquanto vocês dançam e cantam, provavelmente ela fará revelações do tipo: “o mal é bom, e o bem, cruel”; “gostava de política”; “com alguns homens foi feliz, com outros foi mulher”. Se você perceber tristeza nesta beleza selvagem, releve: ela também falou que “um dia tudo vai mudar”, que “ela vai ser o que quis inventando um lugar, onde a gente e a natureza vivam feliz e em comunhão”. Ela pode espalhar dor, mas também prazer. Peguem o microfone no palco, cantem juntos e se esfreguem em homenagem ao Caetano Veloso, sem tirar o vinil que continuará arranhando na vitrola. Ousem. Cantem e dancem até o amanhã nascer azul na beira do mar de Ipanema e, se possível, toquem um instrumento, assim você estará por perto quando a tigresa se transformar em leoa.


Reza

RITA, Maria. Capa do álbum “Amor e Música”, 2018.

Entre neste link e conecte a caixa de som. Ajuste o volume num tom acima, de maneira que sons externos não atrapalhem. Antes de começar, defina como você prefere viver sua experiência. Você aproveitará melhor a vivência se estiver de pé e se iniciá-la de olhos cerrados, com abertura gradual das pálpebras. Mas você está livre para escolher: pode ficar de pé, sentada no sofá ou na poltrona da sala, de olhos abertos ou fechados.

Definidas as etapas preliminares, hora de apertar o play. O instrumental inicial dura poucos segundos e a ele logo é somada uma voz extasiante. Você perceberá o coração palpitar e será invadida por uma sensação de alegria e bem-estar. Em alguns instantes você poderá sentir o andamento da música acelerar um pouco e a voz alcançar o ápice. Será impossível controlar o desejo de se movimentar. Levante os braços para o alto, encha os pulmões de ar e solte a voz. Caso a memória falhe, acompanhe a letra enquanto interpreta (nesse caso uma das mãos se ocupará do telefone celular).

Cante cada trecho da música sem se conter. O refrão pede energia e emociona. Prepare-se! Neste momento você pode não ser capaz de conter as lágrimas. Deixe-as escorrer. Dance de um lado para o outro, rodopie, lembrando de manter os braços sempre para o alto com movimentos livres. Deixe o som te levar e siga o ritmo da música aproveitando cada momento.

Ao final, você irá se surpreender com um sentimento de paz e um sorriso gratificante e incontrolável no rosto. Fique 10 minutos sem fazer nada. Deixe o pensamento fluir e tente não focar em nenhum deles. Permita-se relaxar.


Receita para incorporar alegria

POLICE, The. Capa do álbum “Ghost in the Machine”, 1981.

Sua tarefa é dançar o mais livre possível e perceber como a alegria vai chegando pouco a pouco, à medida que seu corpo salta e rodopia no espaço. Eu gosto de fazer isso sozinha, mas nada impede que você arranje uma boa companhia.

Prepare um espaço livre para dançar. Pode ser o centro de sua sala. Ligue a TV e coloque o videoclipe da música Every Little Thing She Does is Magic, da banda The Police, para tocar no Youtube.

Aumente bastante o volume para que a música possa tomar conta de todo o ambiente. Imersa nela, solte o seu corpo. Tente aprender ao menos a letra do refrão para cantar junto, bem alto.

A música vai ganhando um ritmo cada vez mais contagiante, com toques de reggae. Veja como os habitantes da ilha caribenha de Montserrat se aproximam para dançar também. Repare nas mulheres que dançam alegremente.

Assista aos músicos dançando no estúdio. Tente imitar seus loucos movimentos e exagere ainda mais. Pule e rodopie, levante os braços alternadamente, sacuda a cabeça, rodopie e pule, o máximo que puder, até sentir seu coração acelerar.

Ao final, você poderá sentir tonteira e cansaço, mas certamente terá espantado qualquer ponta de tristeza. Essa é minha receita infalível para incorporar alegria.


Para se conectar com o céu (o seu)

BRAZA, Capa do álbum “Liquidificador”, 2018.

Sob o céu somos um, fique sob ele, escolha o melhor lugar que puder, seja uma varanda, um jardim, ou até mesmo uma janela. Se conecte com a gigantesca potência do universo. Dê play no vídeo. Se é pra viver, então viva agora, se abrace. Pode demorar, deixe o coração te conduzir.

Converse com o cosmos, da forma como você o enxerga, com sua crença ou ausência dela, experimente as possibilidades, e lá vamos com o som.


Música pra chorar em posição fetal

BUIKA, Capa do álbum “Mi niña Lola”, 2006.

Você é uma mulher adulta, madura, independente. Você é uma criança que quer ser cuidada, protegida, afagada. Você é segura, impõe respeito e resolve tudo sozinha. Você é uma criança que quer ouvir “não se preocupe com nada, não vou deixar que ninguém te machuque”. Você vai até o quarto, apaga a luz, deita debaixo das cobertas, coloca o fone de ouvido e dá play na música Mi niña Lola, cantada por Concha Buika. Você está em posição fetal. Por que você está tão triste? Conta pra mim, diz a verdade. Eu sei que tá doendo e eu quero te confortar. Você faz biquinho, se nega a dizer o que te comprime o coração. Mas tudo o que você quer é que eu insista e fique a seu lado, te fazendo cafuné enquanto você chora. Pode chorar, eu vou ficar aqui, segurando a sua mão. Enquanto Buika cantar, eu vou ficar aqui. Você não está sozinha. Seu pai nunca esteve assim do seu lado. E você chora por isso também. Pode chorar. Você queria um pai que te dissesse tudo isso. Ele nunca disse. Mas eu estou aqui e vou cuidar de você. Quando a música acabar, você não precisará mais do pai que nunca teve. Você não precisará nem de mim. Você é uma mulher adulta, madura, independente. Você é segura, impõe respeito e resolve tudo sozinha.


Solta o som

QUEEN, Capa do álbum “Jazz”, 1978.

Você também é do tipo de pessoa que não vive sem música? Eu sou e te digo que ela é capaz de me fazer viajar ao passado, ao futuro ou melhorar muito meu presente. Pra mim, a música tem que ser vivida, sentida em cada poro e é isso que te proponho agora. Quero que você realmente desperte - viva.

Você deverá deixar a música já pronta pra ser disparada ao acordar. Qual música? Don’t Stop Me Now, do Queen. Garanto que ela vai chacoalhar sua alma, te colocar em movimento. Você pode dizer: - Essa música fala da noite. Pra mim ela fala mesmo é de viver a vida. Então, você dá sua espreguiçada e solta o som. Aos primeiros acordes se coloque de pé. Seus pés já estão no clima, nada de preguiça. Balance o corpo caminhando até o banheiro, escove seus dentes no ritmo eletrizante da música, aliás, use sua escova como um microfone e solte a voz junto com Freddie. Olhe bem em seus olhos refletidos no espelho e repita – não me pare agora! Se solte, jogue água pra cima, divirta-se. São três minutos e vinte e nove segundos de música, sugiro que você programe repetições, quantas achar necessárias pra que você consiga fazer um alongamento. Se vista e tome seu café da manhã – sempre balançando seu corpo, cantarolando e trazendo boas energias pra mais um dia.


Quem não está inscrito no curso, mas quer embarcar na proposta e compor o coletivo de criação, basta acompanhar as postagens do blog e do Instagram (@roteirosminimos) e fazer os exercícios propostos, enviando-nos para publicação.

Um comentário em “Instruções para ouvir música – passo a passo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: